Dicas

Como assistir filmes da Netflix com amigos em tempo real

domingo, abril 16, 2017 | 30 comentários
Hey leitores! Hoje eu vou compartilhar com vocês uma dica MARAVILHOSA que eu descobri por aí na internet, que é como assistir filmes e séries na Netflix com os seus amigos em tempo real! Você não leu errado! Quer saber mais? Então vem conferir como!

Eu tenho certeza que assim como eu, você ama fazer aquela pipoquinha, deitar na cama e assistir aquele filmezinho, nos finais de semana. E nada melhor do que ter uma companhia para comentar sobre o filme, né? E foi pensando nisso que finalmente eu encontrei uma maneira para você se juntar com aquele seu amigo que mora longe, e fazer aquela maratona na Netflix, juntos! Mesmo que não seja pessoalmente, vale a pena a intenção, não é mesmo? Então chega de enrolação e vem saber como!

Bom. é super fácil! Tudo que você vai precisar é de uma extensão no Chrome chamada Showgoers for Netflix. Após adicionar a extensão, basta acessar o site da Netflix, e ir até o filme escolhido. Logo acima, quando o filme começar, aparecerá um óculo, onde você clicará e abrirá uma janelinha. Clique em Start watching party, selecione a primeira opção da nova janelinha que será aberta e clique em Let's go! Após isso, será gerado um link, que você enviará para os seus amigos terem acesso. E prontinho! Vocês estarão conectados ao mesmo filme e terão acesso a uma janelinha de bate-papo! Ah, lembrando que todos precisam ter uma conta no Netflix!

Super fácil, né? Eu amei! E vocês, o que acharam? Me contem aqui nos comentários!
Outros

Fim do Marinspira? Desisti do Desafio 52 semanas?

quinta-feira, março 30, 2017 | 6 comentários
Hey leitores! O post de hoje não é de indicações, resenha, dicas ou algo do tipo, mas sim um bate-papo, uma conversa. Tem muuita coisa mudando por aqui e eu acho mais que merecido, atualizar vocês, aliás, são vocês que fazem esse cantinho se tornar ainda mais especial! Enfim, vamos conversar?

Bom, primeiramente, como vocês já devem ter percebido, a frequência de posts diminuiu bastante, e eu poderia muito bem dar a simples desculpa que estou sem tempo, trabalhos da escola e coisas do tipo, mas não é só isso. Eu realmente estava desanimada com o blog e por incrível que pareça, sem criatividade alguma. Acontece, eu sei. Eu comecei a inventar consequências e pensar que era uma perca de tempo continuar me dedicando a uma coisa que não me oferecia nada em troca.

E logo, eu pensei em excluir o Marinspira. Eu sabia que fazer isso seria literalmente apagar todo o meu esforço, tempo e amor dedicado a esse cantinho, com um único clique. Então, eu comecei a deixar o blog um pouco de lado, dar um tempo, um descanso. Comecei a pensar em todo esforço que eu tive para chegar até aqui. Mesmo que aqui não seja grandes coisas, eu lutei para alcançar. E eu ainda quero evoluir. Por isso, não, eu não vou desistir disso. Eu vou continuar correndo atrás e fazendo o que eu gosto. A verdade é que as vezes só precisamos de um tempo pra relaxar. Precisamos de férias até daquilo que mais gostamos de fazer. E nunca fazer as coisas por impulso - lição de vida, haha.

Então, eu comecei a reorganizar as coisas, não só por aqui, mas também em outras obrigações, como as coisas da escola, o que já era pra mim ter feito desde o término das férias. E foi nessa reorganização que eu decidi desistir do Desafio 52 semanas. Sim. Motivos? Eu não estava gostando de escrever os posts. Estavam vagos e com pouquíssimas visualizações. Eu não vou apagar os posts disponíveis aqui no blog, simplesmente não irei escrever mais as postagens. 

Sobre a frequência de posts, eu irei conversar com a nossa colaboradora, Beatriz, e tentar manter o blog o máximo atualizado possível, e também, tentar trazer assuntos novos. Confesso que eu ainda estou com um bloqueio criativo fora do sério, mas eu tenho certeza que logo logo passará e estará tudo fluindo novamente.

É isso leitores, espero ter explicado tudo direitinho! E claro, até o próximo post!
Livros

Resenha - Harry Potter e a Criança amaldiçoada

domingo, março 26, 2017 | 31 comentários
Hey leitores! Depois de muito e muito tempo enrolando, eu consegui finalmente acabar de ler o mais novo livro de Harry Potter, muito esperado pelos Potterheads: Harry Potter e a Criança amaldiçoada. E é claro que como prometido, eu não poderia deixar de trazer essa resenha para vocês! Então, aqui está!
Essa resenha NÃO contém spoilers
Autores: John Tiffany, Jack Thorne e J.K. Rowling
Editora: Rocco
Páginas: 330
Minha nota: ★★★★★♡
Sinopse:
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.
Harry Potter e a Criança amaldiçoada é uma continuação completamente inesperada pelos fãs da saga (como eu, hehe). Considerada uma "fanfiction original" por ser regido por Jack Thorne e John Tiffany e não por J.K. Rowling, a notícia da criação da peça apenas em Londres, deixou fãs desesperados. E para não se tornar algo injusto e causar indignação nos Potterheads de plantão, criaram este volume de transcrição do roteiro provisório da apresentação.

O oitavo livro da saga, se passa 19 anos após a guerra de Hogwarts, começando na Plataforma 3 9/4, dando continuidade ao breve final que se passa em As relíquias da morte - parte II. E para evitar futuras frustrações, aviso desde já que o foco do livro não é totalmente em Harry, mas sim em seu filho mais novo, Alvo, e seu amigo Escórpio, filho de Draco Malfoy. E eu acho que se eu falar um pouquinho mais do que essa sinopse, que por sinal a Rocco caprichou, eu vou acabar dando spoiler, hehe. Então, vamos parar por aqui.

Sobre o roteiro: está MARAVILHOSO! E olha, prepara o coração por que você vai se surpreender cada vez mais! O início é bem rápido, não enrola muito, mas também não passa por cima dos detalhes, e como é uma continuação dos outros livros da saga, os personagens não são muito detalhados, apenas os novos. O clímax é bem relevante e o conflito é simplesmente sensacional! O final eu achei bem simples, mas mesmo assim lindo. 

Eu comecei a leitura loucaaaa para saber quem era a tal criança amaldiçoada, e de cara, no início do livro, eu já dei diversos palpites, mas confesso que foram todos em vão, pois como eu já disse, é tudo surpreendido, a todo momento!

Foi uma sensação completamente incrível ler uma nova história de Harry Potter, além daquelas que já até sabemos de cabeça, de tanto ler! Relembrar os feitiços, as porções, momentos, personagens (principalmente) e acontecimentos, foi totalmente incrível! A sensação a cada feitiço era tão.. satisfatória, sabe? Dá vontade de sair ligando para os amigos e contar o quanto é maravilhoso sentir isso, e que eles precisam sentir isso também, haha!

Por ser um roteiro de ensaio da peça (que eu peço a Deus todos os dias para que chegue no Brasil), o livro não é narrado assim como os outros da saga, por tanto, sua leitura é diferenciada, contendo apenas diálogos e descrições de ações realizadas no palco, tornando assim, uma leitura rápida. Sendo a minha primeira leitura de um roteiro teatral, eu confesso que notei muuita diferença no início, mas depois eu comecei a me acostumar e foi se tornando uma leitura aconchegante.

Bom, é isso. Espero que vocês tenham gostado da resenha! E se você é Potterhead, e com certeza já leu esse livro, não deixe de me contar aqui nos comentários o que achou, haha!
Textos autorais

Sobre corações partidos

terça-feira, março 21, 2017 | 20 comentários
Moça, eu sei que dói, pode confessar aqui comigo. Eu sinto o mesmo que você. Eu sei que você força esse sorriso, mesmo estando uma guerra incontrolável dentro de você, e sei também que agora você reconhece que a pior parte do amor é não poder escolher quem queremos amar.

E é aí que percebemos que aquilo que nos faz bem, é a mesma coisa que nos fere

Mas olha, não precisamos desse amor. Isso vai passar. Aliás, tudo é passageiro. O mundo já se encarregou de mostrar que os "para sempre" são apenas ilusões. E olha, isso tem um lado bom: a tristeza também não é eterna, por mais que possa ser mais longa que os dias felizes, não é eterna. E isso me conforta de uma tal forma.

Eu também me sinto vazia. Fraca para se reerguer e recomeçar. Mas é isso que alguns amores fazem, parte nossos corações, nos rega de decepções e nos faz sentir falta dos momentos felizes, como não fossem mais acontecer. Faz parte. Eu chamo isso de amor. Nunca acertamos de primeira, segunda, talvez nem de terceira. O importante é se reerguer e continuar, por mais difícil que seja.

Somos fortes. Vivemos por todos esses anos sem saber que ele existia, e por mais que depois de perder-lo seja difícil viver por alguns dias, uma hora perceberemos que a dor poderia ter sido pior. Mas enquanto essa hora não chega, pode chorar. Faz parte doer. Se acabou, não era para continuar. Agora, esvazie-se da tristeza e regue a felicidade. Permita-se reflorescer. Faz parte da nossa natureza.
52 semanas

Minhas brincadeiras preferidas na infância | 52 semanas #11

quinta-feira, março 16, 2017 | 7 comentários
Hey leitores! Vamos que vamos para mais um post do nosso tão amado Desafio 52 semanas, haha! Imaginando que eu já tenha saído da infância e amadurecido (haha, difícil), hoje eu vou citar as minhas cinco brincadeiras preferidas da minha infância. Na verdade, o objetivo do post era para citar os brinquedos, mas como eu não ligava muito para eles (com uma exceção), eu decidi citar algumas brincadeiras que eu amava. Tenho certeza que você vai se identificar demais!

♡ Barbie
Barbie, sim. Esse era o meu único brinquedo. Todos os meus aniversários, natais e outras datas comemorativas na quais sempre tinha direito a escolher um presente, era sempre o mesmo pedido: Barbie. Eu amava muito, mas tinha muita preguiça de guardar, o que me fez ter preguiça de brincar também (nem sou preguiçosa, tá? hehe). Então quando eu realmente parei de brincar, eu doei grande parte para um orfanato, mas ainda tenho algumas guardadas até hoje, haha!

♡ Escolinha
Eu sempre amei estudar, escrever e ler, e foi assim que eu e minha prima inventamos a nossa escolinha. Ela por ser alguns anos mais velha que eu, sempre era a professora. Eu nunca reclamava, mas confesso que sempre quis ser a prof, haha! Aprendi bastante coisa com ela, viu?

♡ Amarelinha
Essa era uma das brincadeiras que animavam a minha tarde/noite de verão. Lembro-me que eu, meus primos e as crianças da vizinhança ficávamos na calçada desenhando a amarelinha e brincávamos até entardecer. Era muito divertido!

♡ Pique-esconde
Assim como amarelinha, quem nunca brincou de pique-esconde, né? Essa sem sombra de dúvidas era a minha brincadeira preferida, e eu brinco até hoje de vez em quando, haha! Confesso que sou péssima com esconderijos, hehe!

♡ Casinha
Quem nunca pegou os cobertores e algumas cadeiras, e montou a sua própria casinha, né? Eu amava, mas também tinha muita preguiça de desmontar, haha!

Tenho certeza que você também brincava com algumas dessas! Quais eram as suas preferidas? Me contem aqui em baixo!
Música

Minha playlist pop do momento

sábado, março 11, 2017 | 16 comentários
Hey leitores! Se você assim como eu, é viciado em música (pop principalmente), esse post é pra você! Hoje finalmente eu resolvi trazer a minha nada humilde playlist do momento que eu estou simplesmente viciada, para compartilhar com vocês!

Depois que eu conheci as músicas da Melanie, ela virou o meu viciozinho da vida (tô quase virando uma Cry Baby, hehe). A letra das músicas são super agressivas e verídicas sobre a sociedade de hoje em dia e sentimentos, que as pessoas tentam esconder, que não são expressas literalmente, e que se você não souber a letra, você não imagina o que realmente está se falando. E além de compôr músicas sensacionais e super diferentes, essa mulher é incrível! Logo, as duas primeiras músicas que eu estou viciada, é dessa esquisitinha fofa (acho que me identifico com ela, hahaha)!

1- Dollhouse - Melanie Martinez

2- Pity Party - Melanie Martinez

Quem chegou com tudo em 2017, foi o nosso tão querido ruivinho preferido: Ed Sheeran! Esse cara nos surpreende cada vez mais! As músicas bombaram e eu tenho certeza vocês já conhecem as próximas!

3- Shape of you - Ed Sheeran

4- Castle On The Hill - Ed Sheeran

Essas estão na lista de músicas que você ouve em todos os cantos e busca desesperadamente pelo seu nome e depois se vicia, haha!

5- Don't Wait - Mapei

6- Stay - Zedd, Alessia Cara

7- Pillowtalk - Zayn

8- Beautiful now - Zedd

E essas são as minhas favoritas do momento! Alguma aqui também tá na sua playlist? Vai adicionar alguma? Qual? Me conta aqui nos comentários!
52 semanas

Minhas comidas preferidas | 52 semanas #10

quinta-feira, março 09, 2017 | 15 comentários
Foto: We heart it
Hey leitores! Nossa, como o tempo voa, né? Já estamos na décima semana do ano, e felizmente, todos os posts do nosso Desafio 52 semanas, estão em dia! E eu simplesmente amei o tema desafio da vez, que é listar as minhas cinco comidas preferidas. Ah, aviso logo que só tem gordices e nada de comida saudável aqui nessa listinha, hehe.

♡ Açaí
Esse com certeza tinha que ser o primeiro da minha lista, porque eu sou simplesmente viciadaaa! Não consigo entender as pessoas que não gostam de açaí! É maravilhoso! Quem nunca provou, precisa experimentar (mas será que existe alguém no mundo que nunca provou açaí? shuashua)!

♡ Hambúrguer
Primeira parada em um Shopping é sempre a praça de alimentação, claro! Destino: Burger King! Não existe dieta, só existe a verdade: não tem como resistir à um hambúrguer, haha! Aquele bem completo, sabe? Com pão, carne, queijo, salada, picles (amooo) e tudo que tiver direito!

♡ Lasanha
E quando a preguiça bate na hora da janta, a nossa única saída é a nossa querida amiga: lasanha! As prontas são as melhores, é só levar ao microondas, haha! Uma das maravilhas instantâneas!

♡ Pizza
E sempre existe aqueles fins de semana com os amigos/família que dá aquela fome de gordices.. E a nossa salvação é que já até decoramos o número da pizzaria, haha! De calabresa e mussarela são as melhores! Aquele queijo.. hmmm

♡ Pão de queijo
Já que existe a maravilha instantânea para a janta/almoço, nada mais justo do que existir uma para o lanche/café da manhã, né? O pão de queijo é uma dessas! Aqueles do saquinho que compramos no mercado, e é só deixar alguns minutinhos no forno que tá pronto, sabe? Amooo!

Confesso que terminei esse post, com água na boca, haha! Olhando bem, por um lado, foi super fácil escrever esse post, mas por outro, foi difícil escolher apenas cinco, de tantas maravilhas conhecidas como comida. Então, se vocês quiserem uma parte dois desse post, deixem aqui nos comentários! 
E aí, quais são as suas comidas preferidas?