Marinspira

Fourteenth winter

terça-feira, junho 06, 2017 | 16 comentários
Catorze anos pode ser considerado pouco perto dos demais anos que creio que ainda estão por vim, mas não é preciso muita idade para se ter bons aprendizados e saber agradecer a Deus pela oportunidade de estar completando mais um ano de vida, aliás, quantos jovens se vão cedo sem ter a oportunidade de pelo menos tentar realizar seus sonhos, não é mesmo?

Então, eu acho que hoje é um bom dia para agradecer. Agradecer por ainda ter a oportunidade de tentar, de ir atrás dos meus sonhos, crescer, aprender com os meus erros e de me aprimorar. Ou simplesmente agradecer por ainda estar aqui, saudável e rodeada por pessoas que eu amo, por mais que tantas vezes desejei não estar e pensei em desistir.

Nesses catorze anos eu vivi coisas incríveis. Dei início a minha história. Certo que vivi momentos tristes, passei por dias que desejaria apagá-los e fiz escolhas erradas, mas somos humanos, e errar é humano. E como diz o ditado: é com os erros que se aprende. E até aqui eu aprendi bastante com eles e sei que ainda tenho muito a aprender. Mas nesses meus catorze anos de vida, eu aprendi que viver vai muito além de existir ou ficar mais velho, viver é sentir, é amadurecer e continuar a ser criança. Aprendi que a opinião dos outros não é a coisa mais importante no mundo, que nem todos querem o seu bem, e que fracassar faz parte da vida. Aprendi que você não precisa ser igual a todo mundo, você só precisa ser você mesmo, e também que você não precisa ser reconhecido para se sentir importante, você é amado, e isso já basta. E percebi que as vezes tudo o que precisamos é de um abraço, alguns gestos simples valem ouro.

Feliz aniversário pra mim! 

Texto escrito dia doze de Maio (12/05), meu aniversário! 
Dicas

Como assistir filmes da Netflix com amigos em tempo real

domingo, abril 16, 2017 | 32 comentários
Hey leitores! Hoje eu vou compartilhar com vocês uma dica MARAVILHOSA que eu descobri por aí na internet, que é como assistir filmes e séries na Netflix com os seus amigos em tempo real! Você não leu errado! Quer saber mais? Então vem conferir como!

Eu tenho certeza que assim como eu, você ama fazer aquela pipoquinha, deitar na cama e assistir aquele filmezinho, nos finais de semana. E nada melhor do que ter uma companhia para comentar sobre o filme, né? E foi pensando nisso que finalmente eu encontrei uma maneira para você se juntar com aquele seu amigo que mora longe, e fazer aquela maratona na Netflix, juntos! Mesmo que não seja pessoalmente, vale a pena a intenção, não é mesmo? Então chega de enrolação e vem saber como!

Bom. é super fácil! Tudo que você vai precisar é de uma extensão no Chrome chamada Showgoers for Netflix. Após adicionar a extensão, basta acessar o site da Netflix, e ir até o filme escolhido. Logo acima, quando o filme começar, aparecerá um óculo, onde você clicará e abrirá uma janelinha. Clique em Start watching party, e clique em Let's go! Após isso, será gerado um link, que você enviará para os seus amigos terem acesso. E prontinho! Vocês estarão conectados ao mesmo filme e terão acesso a uma janelinha de bate-papo! Ah, lembrando que todos precisam ter uma conta no Netflix!

Super fácil, né? Eu amei! E vocês, o que acharam? Me contem aqui nos comentários!
Livros

Resenha - Harry Potter e a Criança amaldiçoada

domingo, março 26, 2017 | 31 comentários
Hey leitores! Depois de muito e muito tempo enrolando, eu consegui finalmente acabar de ler o mais novo livro de Harry Potter, muito esperado pelos Potterheads: Harry Potter e a Criança amaldiçoada. E é claro que como prometido, eu não poderia deixar de trazer essa resenha para vocês! Então, aqui está!
Essa resenha NÃO contém spoilers
Autores: John Tiffany, Jack Thorne e J.K. Rowling
Editora: Rocco
Páginas: 330
Minha nota: ★★★★★♡
Sinopse:
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.
Harry Potter e a Criança amaldiçoada é uma continuação completamente inesperada pelos fãs da saga (como eu, hehe). Considerada uma "fanfiction original" por ser regido por Jack Thorne e John Tiffany e não por J.K. Rowling, a notícia da criação da peça apenas em Londres, deixou fãs desesperados. E para não se tornar algo injusto e causar indignação nos Potterheads de plantão, criaram este volume de transcrição do roteiro provisório da apresentação.

O oitavo livro da saga, se passa 19 anos após a guerra de Hogwarts, começando na Plataforma 3 9/4, dando continuidade ao breve final que se passa em As relíquias da morte - parte II. E para evitar futuras frustrações, aviso desde já que o foco do livro não é totalmente em Harry, mas sim em seu filho mais novo, Alvo, e seu amigo Escórpio, filho de Draco Malfoy. E eu acho que se eu falar um pouquinho mais do que essa sinopse, que por sinal a Rocco caprichou, eu vou acabar dando spoiler, hehe. Então, vamos parar por aqui.

Sobre o roteiro: está MARAVILHOSO! E olha, prepara o coração por que você vai se surpreender cada vez mais! O início é bem rápido, não enrola muito, mas também não passa por cima dos detalhes, e como é uma continuação dos outros livros da saga, os personagens não são muito detalhados, apenas os novos. O clímax é bem relevante e o conflito é simplesmente sensacional! O final eu achei bem simples, mas mesmo assim lindo. 

Eu comecei a leitura loucaaaa para saber quem era a tal criança amaldiçoada, e de cara, no início do livro, eu já dei diversos palpites, mas confesso que foram todos em vão, pois como eu já disse, é tudo surpreendido, a todo momento!

Foi uma sensação completamente incrível ler uma nova história de Harry Potter, além daquelas que já até sabemos de cabeça, de tanto ler! Relembrar os feitiços, as porções, momentos, personagens (principalmente) e acontecimentos, foi totalmente incrível! A sensação a cada feitiço era tão.. satisfatória, sabe? Dá vontade de sair ligando para os amigos e contar o quanto é maravilhoso sentir isso, e que eles precisam sentir isso também, haha!

Por ser um roteiro de ensaio da peça (que eu peço a Deus todos os dias para que chegue no Brasil), o livro não é narrado assim como os outros da saga, por tanto, sua leitura é diferenciada, contendo apenas diálogos e descrições de ações realizadas no palco, tornando assim, uma leitura rápida. Sendo a minha primeira leitura de um roteiro teatral, eu confesso que notei muuita diferença no início, mas depois eu comecei a me acostumar e foi se tornando uma leitura aconchegante.

Bom, é isso. Espero que vocês tenham gostado da resenha! E se você é Potterhead, e com certeza já leu esse livro, não deixe de me contar aqui nos comentários o que achou, haha!